14/10/2019 21:23
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

onun30

  • Trilionário
  • *****
  • Mod. Apostas
  • 7172 Mensagens
#11   
aqui está receita de hoje.



Ovos Moles com Amêndoa
Ingredientes para 5 pessoas:
100g de amêndoa picada
250g de açúcar
200 ml de água
8 gemas de ovo
2 ovos
Preparação:

1. Num tacho, leve ao lume a água e o açúcar.
Mexa e deixe ferver durante 10 minutos.
Passado os 10 minutos, retire do lume e deixe arrefecer um pouco.

2. À calda de açúcar, adicione as gemas e os ovos.
Com uma colher de pau ou uma vara de arames, misture muito bem os ovos com a calda.

3. Leve o tacho novamente ao lume.
Deixe cozinhar em lume brando sem parar de mexer.
Logo que comece a engrossar, adicione 2/3 da amêndoa e misture.
Antes de começar a ferver apague o lume.
Coloque em tacinhas e deixe arrefecer.

Sirva os ovos moles bem frios, polvilhados com a restante amêndoa.

in Sabor intenso.

Esta fiz hoje pela manha para o jantar. não me arrico a mostrar a minha foto ficou bastante diferente desta.  :rolleye:

Dinis

  • Trilionário
  • *****
  • 33746 Mensagens
#12   
 :cozinheiiiro: temos cozinheiro

danielferraz00

  • Trilionário
  • *****
  • 6553 Mensagens
#13   
Ainda bao tinha visto este tópico muito bom  :rofl: :rofl:

Um dia destes deixo aqui umas dicas que também me desenrasco muito bem  :harhar:

Dinis

  • Trilionário
  • *****
  • 33746 Mensagens
#14   
Nuno tens de experimentar estes

Bife com molho Gorgonzola
Cordon Blue

onun30

  • Trilionário
  • *****
  • Mod. Apostas
  • 7172 Mensagens
#15   
Nuno tens de experimentar estes

Bife com molho Gorgonzola
Cordon Blue

tenho que arranjar o queijo pois  gosto muito dele. costumo fazer é com queijo camenbert.  :rolleye:

deophanto

  • Trilionário
  • *****
  • Admin
  • 12034 Mensagens
#16   
Hoje à noite também cá deixo qualquer coisa...

onun30

  • Trilionário
  • *****
  • Mod. Apostas
  • 7172 Mensagens
#17   
Hoje à noite também cá deixo qualquer coisa...

fico á espera.  :thumbsup:

onun30

  • Trilionário
  • *****
  • Mod. Apostas
  • 7172 Mensagens
#18   
receita de hoje.

   
Frango no Wok com Brócolos e Ananás



2 peitos de frango
4 colheres de sopa de molho de soja
2 colheres de sopa de molho de carne e vinho
2 colheres de sopa de vinagre de cidra
1 saco de legumes para saltear preferencia mistura chinesa.  :rolleye:
0,5 dl de óleo
1 lata pequena de ananás em pedaços
1 colher de chá de maisena
Sal

preparação:
Corte os peitos de frango em tiras e tempere com o molho de soja, o molho de carne e vinho e o vinagre de cidra. Deixe a marinar.

Entretanto prepare os restantes ingredientes:descogelem os legumes e escorra o ananás, reservando a calda.

Aqueça no wok o óleo (eu usei azeite), junte as tiras de frango escorridas e deixe fritar até estarem douradas. Adicione os legumes  e continue a saltear durante mais 3 ou 4 minutos.
Junte o ananás e os rebentos de soja e regue com o molho que entretanto preparou com a calda do ananás, o líquido da marinada e a maisena.

Deixe apurar o molho e sirva de imediato com arroz solto

depois coloco as fotos.   :cozinheiiiro:

deophanto

  • Trilionário
  • *****
  • Admin
  • 12034 Mensagens
#19   
Ora bem, desde já peço imensas desculpas mas o tempo apertava e por isso não posso colocar já fotos. Com mais tempo posso fazer um vídeo da preparação, o que será bastante interessante. Esta é uma receita inventada por mim, se calhar já tinham feito parecido, confesso que não sei. Portanto, fica sem nome.



Então, aqui vão os ingredientes para 2 pessoas ou 1 pessoa com dose "enfarta-brutos":

200g de alho francês (2 pequenos ou 1 grande, vá)
1/2 cebola
2 dentes de alho
1 lata grande de cogumelos laminados
1 copo de vinho branco
1 pacote de natas pequeno
400g de bife de vaca
1/2 pacote de folhas de massa para lasanha
1/2 queijo mozzarella fresco
1/4 pacote de queijo emmental ralado
água, sal, pimenta, salsa, manjericão e azeite q.b.

A massa:
O objectivo aqui é fazer uma espécie de tagliatelle mas com massa fresca. Não fica caro e torna-se bastante mais saboroso. Tirem os plásticos que separam as folhas de lasanha (massa fresca, não a massa dura) e sobreponham-nas na tábua. Cortem tiras com largura a gosto. Depois de terem uma espécie de tagliatelle fresco, ponham a massa a cozer em água a ferver, mas mesmo a ferver em condições. Podem juntar o sal primeiro para que quando coloquem a massa a água não desça tanto de temperatura. opcionalmente podem dar um pouco de gosto com um bom azeite. Atenção porque esta massa coze depressa, têm de desligar o fogão assim que ficar "al dente" ou até um bocadinho antes.

O "molho":
Numa frigideira grande (preferentemente) façam um refogado de cebola e alho com um pouco de azeite. Não deixem queimar e adicionem o alho francês assim que o refogado estiver "no ponto". De salientar que o alho francês deve ser preparado (lavarem do talo para a raiz, cortarem a raiz e os talos) e cortado (abram ao meio e cortem meias-rodelas mais ou menos finas).
Podem ainda antes de tudo fritar um pouco de bacon sem mais gordura. Cortem aos cubinhos, levem ao lume e deixem torrar um pouco. Depois é seguir com o refogado e o alho francês.
Para que o alho francês fique mais reduzido, juntem mais um fio de azeite.
Enquanto o alho francês cozinha, podem preparar os cogumelos. Escorram a lata, cortem em bocados mais pequenos se preferirem e reservem. Os cogumelos são para adicionar quando o alho francês estiver mais desfeito, não se esqueçam de ir mexendo porque o fogão deve estar sempre ao máximo!
Adicionem então os cogumelos, deixem passar um pouco, eles vão perder um pouco a água que tinham dentro deles e então está na altura de adicionar o vinho branco. Hoje o eleito foi um bom Alvarinho, um Muralhas de Monção (verde branco). Não usem vinho daqueles de pacote, esse fica muito bem nos guisados mas aqui deixará um travo um pouco... coiso.
Quando a maioria do álcool evaporar (deixam de sentir o cheiro dele a evaporar), baixem o lume, juntem duas folhas de manjericão (opcional) e tapem. Ficará assim a "cozer" uns minutos, para que os cogumelos possam absorver bem os sucos e o alho francês fique ainda mais reduzido.
Uns minutos depois, tiram o manjericão, e adicionam o queijo mozzarella cortado aos cubos. O mozzarella fresco encontra-se facilmente no Continente e outros hipermercados e não fica caro. Podem guardar o resto no frigorífico durante uns dias (ponham num tupperware com a água que vem no pacote) ou fazer uma salada. Adicionado o mozzarella, bastam irem mexendo para ir derretendo e misturando. Podem subir um pouco o lume. 
Misturado o mozzarella, adicionem a massa escorrida ao preparado e façam "arejar" (mexam a frigideira como nos restaurantes italianos para misturarem a massa com o molho).
De seguida, com o lume alto, adicionem as natas. Deixem as natas aquecer bem e continuem a arejar.

Os bifes:
Esta parte é opcional se forem vegetarianos ou umas meninas... Depois de verterem a massa com o molho para um pirex ou prato de servir, "lavem" a frigideira. Está entre aspas porque uma frigideira anti-aderente é como um homem da aldeia, só se lava por baixo.
Uma frigideira anti-aderente "lava-se" com papel de cozinha ou guardanapos de papel. Se houver alguma coisa agarrada (looooool), ponham um pouco de água e aqueçam. Escorram e passem o papel de cozinha no interior. Quando o papel sair limpinho, está "lavada".
Os bifes podem ser alcatra, lombinho, o que quiserem, mas acreditem que uma boa peça do traseiro é suficiente. Uns bifes do pojadouro/rabadilha preparam-se na tábua, da seguinte forma: não batam, não cortem, não nada. Ponham sal e pimenta (eu gosto ainda de adicionar um pouco de salsa picada, mesmo seca) e depois umas gotas de azeite. Com as mãos, esfreguem bem. Não precisam de fazer o mesmo do outro lado, esfreguem se quiserem os bifes uns nos outros.
Com a frigideira lavada, volta ao lume bem forte. Só quando estiver mesmo bem quente é que põem os bifes. Se largar "fumo" ao aquecer é porque não limparam bem a gordura.
Depois de bem quente, é adicionar os bifes, com calma, um-a-um, para não baixar a temperatura. É importante fazer contacto com toda a superfície do bife para "selar" a carne.
O bife tem sucos no seu interior que têm de caramelizar na superfície ou ficar no seu interior. Daí ser em lume forte. Podem virar os bifes quando virem os sucos a começar a fazer "pocinhas" no lado cru do bife. Vão obter bifes no ponto. Se quiserem assassinar os bifes porque gostam de carne de vaca bem passada, deixem cozinhar quem sabe. Depois de virarem, usem o bom-senso para saber quando tirar os bifes. No entanto, mais sucos se devem formar na mesma forma no lado que está para o ar. Depende um pouco da carne.

Apresentação:
Polvilhem a massa com o emmental a gosto e coloquem os bifes por cima ou num prato de servir ao lado. DEIXEM REPOUSAR OS BIFES! Não se deve cortar um bife logo após frito ou grelhado ou assado. Há sucos a circular no interior, se deixarem 2 ou 3 minutos sem cortar, fica mais saboroso que levando logo à faca.
Podem juntar também 2 folhinhas de manjericão para decorar a massa.

Para beber, podem usar o resto do vinho branco. Eu aconselho: Muralhas de Monção (branco ou rosé), Defesa (Rosé) ou um Lambrusco (tinto ou rosé). Não vão para vinhos muito alcoólicos.

Para sobremesa, nada melhor que um Grego de morango da Danone com cereais Crunch esmagados.


O texto pode parecer muito longo mas tudo isto não demora mais que 30-45 minutos a preparar e é simplesmente delicioso. Hoje foi o meu jantar, quando puser mãos à obra com outras receitas minhas deixo aqui a "colherada".

onun30

  • Trilionário
  • *****
  • Mod. Apostas
  • 7172 Mensagens
#20   
Bem temos  :cozinheiiiro:

Que tal o Deo Steak ???  :contentissimo: